Rejuvenescimento íntimo devolve a auto-estima da mulher

Rejuvenescimento íntimo devolve a auto-estima da mulher

Dermatologistas e Ginecologistas explicam que métodos não invasivos estimulam a produção de colágeno na região vaginal, diminuem dores durante a relação sexual, incontinência urinária, infecções e perda de lubrificação e elasticidade

Muitas mulheres se queixam de dor e falta de lubrificação durante a relação sexual. Outras, apenas gostariam de melhorar a flacidez vaginal, deixando a pele mais rosada e jovem. A novidade é que se pode fazer isso tudo sem cirurgia com os tratamentos de rejuvenescimento íntimo, que renovam a autoestima e ampliam a satisfação sexual.

Com as alterações hormonais típicas do envelhecimento na mulher, o aparelho genital passa por mudanças que, muitas vezes, dificultam o ato sexual e o prazer. A lubrificação diminui e as paredes vaginais tornam-se finas e flácidas, gerando dor na relação e até mesmo ferimentos. O pH vaginal aumenta e a frequência de infecções como candidíase e vaginose também. Além disso, a perda de elasticidade faz com que a pelve seja menos funcional ao reter a urina, gerando escapes em pequenos esforços.

Segundo alguns dermatologistas, o rejuvenescimento íntimo é muito mais do que uma queixa estética e se popularizou no Brasil em 2016. A procura maior é de pacientes com idade entre 50 e 60 anos ou que estão começando a entrar na menopausa. Essas mulheres sentem dores na relação além da perda de lubrificação e libido, apesar de serem ainda jovens e sexualmente ativas, diz.

Os tratamentos são feitos em parceria com o ginecologista, não causam dor e poupam o colo do útero. Quando a paciente procura nossa clinica, fazemos uma avaliação da parte externa e em conjunto – Dermatologista e Ginecologista. Tivemos uma paciente jovem que reclamava muito de candidíase repetitiva e com o laser melhorou bastante. Muitas vezes o ginecologista passa reposição hormonal e a mulher ainda não precisa disso.

A escolha do tratamento vai depender da queixa do paciente e da avaliação do médico.
Tratamento da flacidez da parte externa da vulva e garante não só satisfação no aspecto estético, como também amplia a satisfação sexual por meio da tecnologia de radiofrequência focada, sem cortes, e pode ser feita uma vez por semana. O resultado já é visto na primeira sessão e são necessárias de 4 a 6 no total, dependendo do caso. Logo depois de cada uma, a paciente pode voltar às atividades normais sem problema algum.

O Tratamento com raios de laser fracionado que, ao atingirem a parede vaginal, estimulam a regeneração e a formação do colágeno através da geração de calor. Ele reforça a parede do órgão e o assoalho pélvico, devolvendo a lubrificação e o prazer à mulher, assim como a capacidade de conter a urina eficientemente. Ele é indicado principalmente para as mulheres que, com a queda hormonal natural ao longo dos anos, experimentam sintomas como dor na hora da relação, sangramentos, ressecamento vaginal e infecções recorrentes, como a candidíase. O procedimento não requer anestesia, sendo realizado em consultório médico.

A aplicação é rápida e indolor. É preciso estar em dia com o preventivo ginecológico e a recuperação se dá em até 7 dias, quando as atividades sexuais podem ser retomadas. Como os tratamentos mexem na parede vaginal, poderia provocar infecção. O tempo de 7 dias é para a cicatrização do epitélio. Os resultados são definitivos, mas o envelhecimento contínuo pode tornar necessária uma manutenção, com uma sessão anual para impedir que o órgão torne-se disfuncional novamente.

O Spectra e Peeling Íntimo para a área externa da vagina pode ser recomendado em alguns casos. O primeiro é um tratamento que usa a tecnologia do laser para promover a melhora de lesões pigmentares como manchas na virilha, que podem ser causadas por processos depilatórios, atrito repetido – mais comum em pessoas que usam roupas muito apertadas -, etc. Ele emite pulsos de luz ultrarrápidos que atuam no clareamento da região. Essa luz é absorvida pelos melanócitos (que são as células pigmentadas da pele) e pelas partículas de tatuagem, que são fragmentadas e absorvidas naturalmente pelo organismo. Com isso, a quantidade de pigmentos diminui e, consequentemente, as marcas no local aplicado. O melhor de tudo é que ele pode ser usado em qualquer época do ano, inclusive no verão.
O Spectra pode ainda estimular colágeno, auxiliando na melhora da flacidez e dando mais firmeza aos grandes lábios.

O Peeling Íntimo, por outro lado, é um tratamento que elimina as células mortas e camadas superficiais da pele através da associação de alguns ácidos. O resultado é uma pele mais lisinha e renovada, com aparência mais jovem. Para quem deseja diminuir os lábios vaginais, o preenchimento é o mais indicado para diminuir a flacidez da região.

Mulheres jovens com ressecamento também podem fazer e os resultados são ótimos. O que vai variar entre a jovem e a idosa é a intensidade do laser. A intensidade menor é para lubrificação, alivia o ressecamento e dor na relação sexual, deixa a vagina mais apertada e aumenta o prazer. A intensidade maior é indicada para reforçar a parede vaginal, indicada para atrofia vaginal e perda de elasticidade. Ela estimula colágeno nas camadas mais profundas e faz com a vagina se torne mais elástica e volta a ser como era na fase sexual ativa.

Agende agora sua consulta com a Dra Daniele Cidade, Ginecologista especializada em Rejuvenescimento íntimo.  CLINABE Clínica de Dermatologia, Ginecologia e Endocrinologia. (61) 3264-0083. Clínica Altamente especializada no seu bem estar e qualidade de vida.

Harmonização do Bumbum

Dra. Daniele Cidade

dra daniele cidade - ginecologista brasilia

Médico Ginecologista

CRM: 13063-DF
Especialidades/Áreas de Atuação:
Ginecologia e Obstetrícia
RQE Nº: 6867

  • Título de especialista em Ginecologia e Obstetrícia (TEGO)
  • Especialização em Oncologia Ginecológica realizada no HBDF
  • Programa de residência médica em Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Regional da Asa Sul
  • Graduação: Faculdade de Medicina Universidade de Brasília – UnB
  • Curso de Videocolposcopia e Cirurgia de Leep
  • Curso em Ginecologia Regenerativa realizado -Academia Brasileira de Ginecologia Regenerativa
Tratamentos com laser2023-09-06T21:33:35+00:00

LASER VAGINAL

O laser vaginal é uma tecnologia que visa tratar a Síndrome Geniturinária da menopausa, uma alteração funcional frequentemente encontrada que impacta direto sobre a qualidade de vida da mulher. Essa síndrome é caracterizada por ressecamento vaginal, sensação de pontadas na vagina, vermelhidão da mucosa vaginal, perda da elasticidade, coceira e ardor no ato sexual. Também pode ocorrer incontinência e urgência urinárias além de infecções de repetição.
O tratamento consiste na aplicação do laser intravaginal e na região vulvar de forma indolor. O objetivo desse tratamento é melhorar o trofismo da região, elasticidade, lubrificação ao aumentar a produção de colágeno e vascularização nas áreas tratadas. O aparelho utilizado é o Etherea, um laser de Erbium com tecnologia mais eficaz e segura. Geralmente são necessárias de 3 a 4 sessões para uma resposta adequada. O intervalo entra a sessões varia entre 30 a 45 dias. Para iniciar o tratamento é necessário avaliação ginecológica prévia.

CLAREAMENTO A LASER

O escurecimento da vulva, grandes lábios, virilha, região interna das coxas e região anal pode ser tratado de diferentes maneiras, mas o laser e os peelings são as principais modalidades.

O escurecimento da região genital e das virilhas pode acontecer por diversos motivos e a tendência é aumentar gradativamente com o tempo, se as causas não forem corrigidas. Entre os principais fatores que contribuem para o escurecimento da região tem-se o atrito com a roupa, alterações individuais e metabólicas (pré-diabetes), depilação com cera ou lâmina, alergias, infecções na pele, mudanças hormonais após a gestação e obesidade.
O laser utilizado é o Etrerea, um laser de Erbium, bastante eficiente e seguro.
O clareamento íntimo a laser faz a remoção da camada mais superficial da pele, promovendo a renovação celular, além de estimular a produção de colágeno na pele. A tecnologia permite que pequenos canais sejam abertos na derme de modo a facilitar a absorção de drogas clareadoras que aplicamos após o laser (drug delivery).
O resultado é uma sensível melhora na cor, textura e diminuição da flacidez nas áreas tratadas.
O número de sessões depende da intensidade do resultado que precisa ser alcançado, geralmente entre 1 e 4 sessões.

Rejuvenescimento íntimo2023-08-26T03:37:48+00:00

O produto ficará na região aplicada eternamente, porém os resultados costumam durar aproximadamente 15 a 20 anos.

Ginecologia2023-08-26T03:37:57+00:00

É um procedimento muito seguro, quando utiliza-se o PMMA de nova geração e quando aplicado na quantidade, volume e local certo, ou seja, é imprescindível que o profissional tenha recebido um treinamento específico, pois sua forma de aplicação é totalmente diferente de outros produtos usados.

Segurança

A segurança do PMMA é comprovada por estudos científicos.

Estas referências reforçam a ideia de que o PMMA é uma opção segura e eficaz para procedimentos estéticos, especialmente quando realizados por médicos experientes e qualificados.

  • Blanco Souza, TA, Colomé, LM, Bender, EA et al. Recomendação do Consenso Brasileiro sobre o Uso do Preenchimento de Polimetilmetacrilato na Estética Facial e Corporal. Aesth Plast Surg 42 , 1244-1251 (2018). https://doi.org/10.1007/s00266-018-1167-1
  • Este estudo demonstrou que o PMMA é uma das melhores opções para o aumento glúteo. Foram considerados casos de mais de 1.600 pacientes (mais de 2.770 procedimentos), o que representa a primeira demonstração em um grande estudo multicêntrico que estudou os benefícios do preenchimento de PMMA no aumento glúteo.
    https://journals.lww.com/prsgo/fulltext/2019/05000/gluteal_augmentation_with_polymethyl_methacrylate_.4.aspx
Go to Top