Flacidez na Região íntima: Como tratar

Flacidez na Região íntima: Como tratar

Cada vez mais a mulher conhece o próprio corpo, nota as mudanças e procura estar bem consigo mesma. Conforme a idade avança, o corpo muda em todos os aspectos, incluindo o aspecto íntimo. A flacidez na região íntima é comum em mulheres com mais de 40 anos ou prestes a entrar na menopausa. Esse é um dos principais motivos de constrangimento, por isso, a busca por tratamentos tem sido cada vez maior.

A boa notícia é que existem tratamentos específicos para cada caso. Entenda as principais causas e os tratamentos mais indicados para flacidez na região íntima.

Principais causas da flacidez na região íntima

Com o passar do tempo, a pele do corpo enruga e perde umidade. O mesmo ocorre com a região íntima feminina. Trata-se de um processo natural, impossível de ser evitado.

Na idade avançada, há significativa absorção da gordura dos grandes lábios, tornando a pele flácida e com rugas. Outros fatores externos também podem contribuir para a flacidez na região íntima. Confira:

  • Queda do estrogênio;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo;
  • Múltiplos partos;
  • Mulheres que se recuperam de cirurgia bariátrica, por conta da drástica perda de peso;
  • Atletas de alta performance, fisiculturistas e ciclistas.

 

 

Tratamentos para flacidez na região íntima

Cada mulher possui um grau de flacidez com características específicas. É necessário procurar um médico para que ele avalie e realize um diagnóstico. Os procedimentos mais comuns para tratamento são:

Fisioterapia

Muitas mulheres não fazem por preconceito, mas, para adquirir a consciência da musculatura, a fisioterapia é altamente indicada. Existe um treinamento chamado biofeedback, realizado com instrumentos que monitoram a contração muscular. Você conta com o acompanhamento de um profissional e também realiza exercícios em casa.

Cirurgia plástica íntima

Essa é a opção mais radical. A redução dos grandes lábios vaginais consiste em corrigir e restabelecer a função do órgão prejudicado.

Nesse caso, é realizada a reconstrução e o aumento dos grandes lábios, tratando a flacidez e demais deformidades. O enxerto pode ser feito utilizando material natural, sintético ou misto.

Além de fazer o preenchimento e reposição do volume, ainda estimula a produção de colágeno.

Tratamento a LASER

O tratamento a LASER acaba sendo o caminho do meio, pois não é tão demorado e incerto quanto a fisioterapia nem tão radical quanto a cirurgia. A técnica a LASER visa a melhora do colágeno, da elasticidade e da textura da pele. Além disso, é indolor para a maioria das pacientes e possui um pós-cirúrgico excelente. Minimamente invasivo, apresenta resultados cientificamente comprovados e altamente satisfatórios em poucas sessões que são acordadas previamente com o médico.

A novidade no mercado é o LASER ATHENA®, que oferece um procedimento rápido, virtualmente indolor e sem efeitos colaterais.

A flacidez íntima causa transtornos na vida de muitas mulheres, mas, com o avanço da medicina, os tratamentos têm se tornado cada vez mais acessíveis e eficazes. Estar bem consigo mesma é a melhor sensação que se pode ter, não é mesmo?

Flacidez na Região íntima: Como tratar
Avalie esta página

2018-08-01T22:21:27+00:00